SAUDAÇÕES E BOAS VINDAS

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO! PARA SEMPRE SEJA LOUVADO!

Caríssimos e amados irmãos e irmãs em Nosso Senhor Jesus Cristo! Sêde BEM-VINDOS!!! Através do CATECISMO, das HOMILIAS DOMINICAIS e dos SERMÕES, este blog, com a graça de Deus, tem por objetivo transmitir a DOUTRINA de Nosso Senhor Jesus Cristo. Só Ele tem palavras de vida eterna. Jesus, o Bom Pastor, veio para que Suas ovelhas tenham a vida, e com abundância. Ele é a LUZ: quem O segue não anda nas trevas.

Que Jesus Cristo seja realmente para todos vós: O CAMINHO, A VERDADE, A VIDA, A PAZ E A LUZ! Amém!

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

FESTA DE SÃO MIGUEL ARCANJO

 
 São Miguel Arcanjo é um dos sete espíritos que assistem ao trono do Altíssimo. É o Príncipe da Milícia Celeste a quem Deus conferiu poderes extraordinários para proteger as almas.
  São Miguel defendeu vitoriosamente os direitos de Deus contra as arrogâncias de Lúcifer e de seus companheiros. 
   Consta pela Sagrada Escritura, que a soberba foi a causa da queda de Lúcifer; mas não se pode dizer com tanta certeza em que consistiu esta soberba. Crê-se geralmente (e Santo Tomás é desta opinião) que, como os Anjos foram criados na graça e justiça, Deus quis que eles merecessem a felicidade eterna pelo uso da sua liberdade. Durante este tempo de prova, Deus descobriu-lhes alguns desígnios da sua Providência, especialmente a Encarnação do Verbo, e ordenou-lhes que O adorassem, em sua união hipostática com a natureza humana. 
   Cativado da sua própria excelência, Lúcifer ressente-se com semelhante ordem. É-lhe penoso humilhar-se diante de um homem. Pensa que, se a Divindade deve unir-se intimamente a uma de suas criaturas, nenhuma pode haver que mereça essa honra tanto como ele. O profeta Ezequiel fala na verdade da soberba do rei de Tiro, mas a Santa Igreja aplica a passagem também a Lúcifer: "O teu coração se elevou no teu esplendor; perdeste a tua sabedoria por causa do teu brilho" (Ezequiel XXVIII, 17). O dragão, diz São João, arrastou com a sua cauda a terça parte das estrelas do céu... (Apocalipse XII, 4). 
   O grande Arcanjo Miguel indigna-se com a ofensa feita ao supremo Senhor. "Quis ut Deus?" exclama ele; quem é comparável a Deus? Quem pode desobedecer , quando Ele manda? A sua fidelidade consolida a dos Anjos bons; com ele declaram-se a favor de Deus, repetindo: "Quem como Deus?" Combatem contra Lúcifer, e vencem-no. A sua prova acaba e São Miguel  com os Anjos fiéis são confirmados em graça. A partir de então Deus descobre-lhes toda a magnificência dos seus encantos; veem-No face a face; possuem-No. 
   Como não ser devoto de São Miguel! É nosso protetor! Para tanto, Deus lhe deu grande poder e bondade. Quando o demônio quer arrastar o povo de Israel à idolatria, a pretexto de honrar o corpo de Moisés, ele opõe-se-lhe escondendo esse corpo num lugar desconhecido. Quando Faraó persegue o povo de Deus, ele afoga no mar Vermelho o príncipe infiel e todo o seu exército. É outrossim, reservada a São Miguel, a missão de exterminar o Anti-Cristo nos últimos dias do mundo. Assim, São Miguel, primeiro ministro da Providência, protege todos os fiéis que o honram com um culto especial. Debaixo das suas ordens, todos os Anjos, participando do seu poder e bondade, trabalham na salvação dos homens e combatem juntos o inimigo do gênero humano. Dirigidos por ele, os nove coros dos Anjos cumprem cada um a missão ligada ao nome que o Espírito Santo lhe deu na Sagrada Escritura. Cada um dos Anjos nos assiste em particular; os Arcanjos prestam-nos uma proteção mais alta e em casos extraordinários; as Virtudes obram os prodígios que entram nos desígnios de Deus a respeito da nossa salvação; as Potestades amparam-nos nos combates da vida; os Principados governam os reinos para bem da religião; as Dominações defendem o supremo domínio de Deus sobre a Terra; os Tronos vigiam o reino de Deus nas almas; os Serafins e Querubins procuram infundir nos nossos corações as ardentes chamas da caridade. 
   
   Inimigo do orgulho e da mentira à exemplo de São Miguel, a Santa Madre Igreja quer que o católico seja militante; que coopere diretamente nesta luta contra o mal e o erro. Na verdade, Deus não carece da criatura para sua defesa. Com um ato de vontade podia esmagar os seus inimigos. Mas como na grande revolução que houve no mundo invisível, entre os anjos, não entrou na liça pessoalmente, mas confiou na ação dos anjos bons, assim agora sabe Ele muito bem porque nos entrega à luta e permite que de todos os lados soframos vitupérios, descomposturas e injúrias por causa da Santa Religião. Diz São Paulo: "Os que querem viver piedosamente com Jesus Cristo, hão de sofrer perseguições". Nós não podemos ser do mundo cujo príncipe é o Maligno, por isso o mundo nos odiará. Este é o sinal dado pelo próprio Divino Mestre. E ai daquele que se envergonhar de Nosso Senhor Jesus Cristo! A luta que São Miguel teve de sustentar, em tudo se iguala à nossa. Seus adversários eram os anjos revoltosos, que não mais queriam prestar homenagem a Deus. Hoje são os homens que desenrolam a bandeira da guerra contra Deus, contra os seus mandamentos, mandamentos estes que nunca mudam porque foram feitos na justiça e equidade. São perfeitas as Leis de Deus. Temos que defendê-las: "Quem como Deus?"?
   Caríssimos, a revolução de hoje também chefiada por Lúcifer e seus asseclas - espíritas, maçons, comunistas,  maometanos, modernistas etc. - esta revolução, digo, trabalha aberta e distintamente, atrás da máscara, com mentiras, seduções, calúnias e mil artifícios diabólicos para arrancar  as Leis de Deus dos corações dos homens. A destruição da família, pelo divórcio, pelas uniões homossexuais, pela legalização de abortos, pelo afastamento das práticas de religião de muitos católicos em virtude de escândalos de novos Iscariotes, o relaxamento da moral, a propagando franca de ideias comunistas - TL - não é tudo isto uma nova investida furiosa e decidida do inferno contra o trono de Deus? 
   Caríssimos, nós católicos estamos colocados no meio deste mundo anticristão que cobiça nossa solidariedade. Dia por dia, nos vemos diante da decisão: ou Cristo ou Satanás. Fidelidade a Nosso Senhor Jesus Cristo ou abandoná-Lo. A luta é terrível!!! Pois bem, caríssimos, na indecisão, na tentação é o exemplo de São Miguel que nos deve orientar. 

   Gloriosíssimo Príncipe da Milícia celeste, São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate contra o Demônio e os seus asseclas. Vinde em socorro dos homens que Deus criou à Sua imagem e semelhança e resgatou a enorme preço da tirania do demônio. Grande defensor da Santa Igreja, extingui as heresias, exterminai os cismas e confundi a incredulidade. Prendei o dragão, a antiga serpente, que é o demônio e satanás, e precipitai-o acorrentado no abismo, para que não mais seduza as nações. Defendei-nos no combate, a fim de que não pereçamos no dia do juízo tremendo. Preservai-nos das tentações do demônio e  firmai nossos passos vacilantes e não permitais que nós abandonemos a senda que conduz ao céu. Amém!


Nenhum comentário:

Postar um comentário