SAUDAÇÕES E BOAS VINDAS

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO! PARA SEMPRE SEJA LOUVADO!

Caríssimos e amados irmãos e irmãs em Nosso Senhor Jesus Cristo! Sêde BEM-VINDOS!!! Através do CATECISMO, das HOMILIAS DOMINICAIS e dos SERMÕES, este blog, com a graça de Deus, tem por objetivo transmitir a DOUTRINA de Nosso Senhor Jesus Cristo. Só Ele tem palavras de vida eterna. Jesus, o Bom Pastor, veio para que Suas ovelhas tenham a vida, e com abundância. Ele é a LUZ: quem O segue não anda nas trevas.

Que Jesus Cristo seja realmente para todos vós: O CAMINHO, A VERDADE, A VIDA, A PAZ E A LUZ! Amém!

quinta-feira, 13 de abril de 2017

DISPOSIÇÕES PARA A SAGRADA COMUNHÃO

   A Comunhão só produz em nós os maravilhosos efeitos quando é recebida com as devidas disposições.

   As disposições mínimas e indispensáveis são: o estado de graça e a reta intenção. Contudo, acrescentaremos outras aconselhadas pela Santa Igreja, porque quanto melhores as disposições, tanto maiores são os frutos que se colhem da Comunhão.

   A - DISPOSIÇÕES DA ALMA.

   1- O ESTADO DE GRAÇA. Esta disposição é imposta por preceito grave. Estar em estado de graça é ter a consciência pura e livre de todo pecado mortal. "Que o homem examine a si mesmo, diz São Paulo, pois o que come e bebe indignamente o Corpo e o Sangue do Senhor, come e bebe a própria condenação." (1 Cor. XI, 28 e 29). Quem comungasse em pecado mortal, cometeria horrível sacrilégio. Receberia Jesus Cristo, mas para a própria condenação. De acordo com o Concílio de Trento, quem está consciente de ter pecado mortal, ainda que arrependido de sua culpa, não deve receber a Eucaristia, sem antes purificar-se pela confissão sacramental.

   2 - RETA INTENÇÃO: ter reta intenção na Comunhão é desejar agradar a Deus e unir-se a Ele, nosso Alimento e nosso Médico. Quem comungasse por vaidade, por rotina ou hábito, ou por outro motivo humano (como um político para ganhar voto; uma pessoa para conseguir um emprego etc.) não teria reta intenção e estaria cometendo um pecado.

   3 - FÉ VIVA NA PRESENÇA REAL: devemos crer que Jesus Cristo está realmente presente na Santíssima Eucaristia. É preciso que o comungante saiba distinguir entre a Mesa Sagrada  e a profana, entre o Pão do Céu e o pão comum.

   4 - HUMILDADE PROFUNDA: devemos considerar quanto somos indignos de que o Senhor nos faça este divino favor. Repetiremos as palavras do Centurião: "Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha casa".(S. Mat. VIII, 8-10).

   5 - AMOR PROFUNDO: se Jesus vem a nós é porque nos ama. Devemos recebê-Lo com igais sentimentos.

   6 - DESEJO ARDENTE: Nosso Senhor quer ser desejado ardentemente. Este Pão quer ser comido por almas famintas.

   7 - SINCERA CARIDADE FRATERNA: cada qual deve examinar-se a si próprio, se vive em paz com os outros, se ama realmente ao próximo de todo o coração.

   8 - PREPARAÇÃO E AÇÃO DE GRAÇAS: a preparação consiste em demorar-nos algum tempo a considerar quem vamos receber e quem somos nós; a fazer atos de fé, adoração, contrição, esperança e das outras virtudes de que falamos acima. A ação de graças, depois da Comunhão, consiste em nos recolhermos dentro de nós, por algum tempo (no mínimo 15 minutos), honrando ao Senhor, com atos de fé, adoração, agradecimento, caridade, oferecimento, esperança e petição das graças mais necessárias para nós e para os outros.

   B. DISPOSIÇÕES PARA O CORPO.

   1 - JEJUM: Além da alma, o corpo também precisa de preparação. Para chegarmos à Sagrada Mesa, devemos estar em jejum, de sorte que não tenhamos comido nem bebido nada, durante uma hora antes da Comunhão. Água natural não quebra o jejum.

   2 - MODÉSTIA E DECÊNCIA: é absolutamente indispensável. As senhoras, moças e meninas não só não devem usar nada de indecoroso, como trajes masculinos,  mas devem evitar também qualquer vaidade ou afetação, quando vão comungar. É uma falta de respeito, de fé e de modéstia muito grande apresentar-se sem manga, com vestidos decotados, transparentes ou que não cubram bem os joelhos, sem véu. Haja nas vestes: simplicidade, modéstia, asseio e dignidade, que refletem um coração puro e temente a Deus. Os homens e rapazes apresentar-se-ão de paletó ou, pelo menos, com camisa de mangas compridas. O Santo Padre Pio negava a comunhão aos que não seguiam estas normas.

   Comungam justo e perverso,           Morte, do mau; do bom, vida
   Mas seu destino é diverso,              Vê como a mesma comida
   Pois recebem vida e morte.              Produz efeitos contrários.
                       (Santo Tomás de Aquino) 

Um comentário:

  1. TERIA O DIABO LACRADO A BOCA DE MUITOS BISPOS E DAÍ OS PADRES?
    Se não é, pareceria que sim; qual jornal diocesano adverte com seriedade ou nos folhetos paroquiais com contundência as mulheres - melhor ficassem em casa - para não saírem piores que entraram na igreja e participarem da S Missa, pior ainda se tomarem a S Comunhão impropriamente vestidas!.
    Há atualmente muito respeito humano de não "constranger, assustar" as pessoas com condenações ao inferno, compararem-nas a pecadoras públicas, prostitutas, omissão dos Novíssimos... Só se versa, penso eu, como o diabo quer - em "acolhimento, respeito, não discriminação" e correlatos; daí volto ao título acima!
    Lendo as disposições aqui apresentadas, muito justas e vendo o que sucede à nossa e minha volta por muitos anos, senão décadas, o silencio dos padres, salvo uma única exceção - à porta de certa paroquia, modelos indecorosos, inconvenientes, senão escandalosos de comparecimento à S Missa e aviso verbal à hora da S Comunhão de como não se aproximarem as que estejam por ex., decotadas, costas de fora, transparentes, collants etc. - e noto com horror de como certas mulheres comparecem noutros lugares à S Comunhão, mesmo certos jovens e homens esculhambados, de bermudas, camisetas, chinelões etc., sem citar em "casais" gays.
    A advertência de S Tomás acima é prá lá de oportuna!
    Comungam justo e perverso, Morte, do mau; do bom, vida
    Mas seu destino é diverso, Vê como a mesma comida
    Pois recebem vida e morte. Produz efeitos contrários.

    ResponderExcluir