SAUDAÇÕES E BOAS VINDAS

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO! PARA SEMPRE SEJA LOUVADO!

Caríssimos e amados irmãos e irmãs em Nosso Senhor Jesus Cristo! Sêde BEM-VINDOS!!! Através do CATECISMO, das HOMILIAS DOMINICAIS e dos SERMÕES, este blog, com a graça de Deus, tem por objetivo transmitir a DOUTRINA de Nosso Senhor Jesus Cristo. Só Ele tem palavras de vida eterna. Jesus, o Bom Pastor, veio para que Suas ovelhas tenham a vida, e com abundância. Ele é a LUZ: quem O segue não anda nas trevas.

Que Jesus Cristo seja realmente para todos vós: O CAMINHO, A VERDADE, A VIDA, A PAZ E A LUZ! Amém!

domingo, 21 de agosto de 2016

LIÇÕES ESPIRITUAIS DA FESTA DA ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA

   Quando rezamos o Santo Têrço e meditamos os mistérios gloriosos, no quarto mistério meditamos na Assunção de Nossa Senhora aos Céus e pedimos como fruto deste mistério a graça da perseverança final. Na verdade, a Assunção de Maria Santíssima nos mostra o caminho espiritual para chegarmos ao céu. Morrendo na graça de Deus, ganhamos o céu. Isto significa que o nosso corpo ressurgirá glorioso e irá brilhar como o sol no dia do Juízo final que se dará no fim do mundo. Então sim, quem se salvou, subirá juntamente com Jesus Cristo e os demais santos, para o céu em corpo e alma.
   Enquanto peregrinamos neste vale de lágrimas, lutamos para seguir sempre o caminho do céu. A Assunção nos ensina alguns meios de conseguirmos a meta final, o nosso último Fim. Quais são estas lições espirituais?
1º - Recorda-nos que a nossa morada permanente não é a terra mas o céu. Somos peregrinos e estrangeiros. A oração da Missa de hoje assim diz: "Deus todo poderoso e eterno que elevastes à glória do céu, em corpo e alma, a Imaculada Virgem Maria, Mãe do Vosso Filho, concedei-nos a graça de aspirarmos sempre às coisas do alto, para merecermos compartilhar da sua glória". Assim, pois, a festa da Assunção de Nossa Senhora é para nós um poderoso apelo a desejarmos sempre as coisas do alto, isto é, do céu; o corpo, depois da ressurreição da carne, também será acolhido no céu e admitido a participar da glória da alma. Esta completa glorificação da nossa  humanidade, que não só para nós, mas também para todos os santos se efetuará no fim do mundo, contemplamo-la hoje plenamente realizada em Maria, nossa querida Mãezinha do Céu. Que motivo de inefável alegria para os seus verdadeiros filhos devotos!!! O privilégio da Assunção convida-nos fortemente a elevar toda a nossa vida, não só do espírito, mas também a dos sentidos, ao nível da vida celestial que nos espera.
   A Assunção nos ensina assim três coisas que constituirão a nossa senda luminosa para o Paraíso: desprendimento da terra, impulso para Deus e união com Deus.
   Nossa Senhora foi elevada aos céus em corpo e alma por ser a Imaculada,  isenta não só de toda sombra de culpa, mas ainda do menor apego às criaturas da terra, que nunca teve impressa na alma forma de qualquer criatura, nem por ele se moveu ( S. João da Cruz). A primeira condição para chegar a Deus é a pureza total, fruto do desapego total. Nossa Senhora que viveu a nossa vida terrena num desprendimento absoluto de todas as coisas criadas, ensina-nos a não nos deixarmos prender pelo encanto das criaturas, mas a vivermos no meio delas, a ocuparmo-nos delas com muita caridade, sim, mas sem prender a elas o coração, sem jamais procurar nelas a nossa satisfação.
  A Virgem da Assunção fala-nos também do impulso para o céu, para Deus. Não basta purificar o coração de todo o pecado e de todo o apego; é preciso, ao mesmo tempo,  lançá-lo para Deus, tender para Ele com todas as nossas forças. A nossa vida terrena tem valor de vida eterna enquanto é impulso para Deus, enquanto é uma contínua busca de Deus, uma contínua adesão à Sua graça. Este impulso nunca pode deixar de crescer. Parar é retroceder. Não se afervorar sempre é cair na tibieza. Não remar contra a correnteza é ser arrastada por ela.
   Finalmente, a Assunção da Virgem Santíssima nos ensina a união com Deus. Porque Maria Santíssima foi elevada ao céu por ser a Mãe de Deus e este seu máximo privilégio, origem e causa de todos os outros, evoca especialmente a união íntima com Deus; a sua Assunção à união beatífica do céu fala-nos também dessa união. A Assunção de Nossa Senhora confirma-nos, portanto, nesta grande e doce verdade: fomos criados e chamados à união com Deus. Assim, caríssimos e amados irmãos, com os olhos fixos em Nossa Senhora Assunta ao Céu, será mais fácil caminhar: Nossa Mãe mesma será a nossa guia, a nossa força, a nossa consolação em qualquer luta, tentação e adversidade.
   Ó Nossa Senhora Assunta ao céu, nós nos alegramos convosco. Olhai para nós pobres pecadores! Erguemos os nossos olhos para Vós que sois, depois de Jesus, a nossa vida, nossa doçura e esperança. Chamai-nos com a suavidade da vossa voz, para nos mostrar um dia, depois do nosso exílio, Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem Maria"! Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário